A pesagem de Oudewater – a cidade onde ninguém foi bruxa

Perto de Utrecht, a uns 20km, existe uma pequena cidade chamada Oudewater, que está agora a celebrar 750 anos. Um número redondo que enche os seus habitantes de orgulho e que os faz querer mostrar com mais orgulho ainda, as principais atracções turísticas da cidade.

Oudewater foi conhecida ao longo dos séculos, pela constante peregrinação de mulheres e homens à cidade, que queriam ser ilibados de acusações de bruxaria. Em inícios do século XVII, na casa de pesagens da cidade, começaram a acorrer com mais frequência pessoas acusadas de bruxaria, que queriam ver desfeitas as falsas acusações, que lhe podiam custar a vida.

As pesagens de Oudewater

As pesagens de Oudewater

Corria o rumor que bruxas, por terem vendido a alma ao diabo, eram muito leves, permitindo-lhe entre outras coisas, voar com vassouras. A casa de pesagens de Oudewater ganhou a reputação de ser um sítio justo, em que as pessoas podiam ser pesadas de forma incorruptível, e levar um atestado para as suas vilas e cidades, em como tinham um peso adequado para a sua constituição física. Um género de Indíce de Massa Corporal (IMC) dos tempos antigos, que salvava a vida a muito boa gente.

A pesagem! O IMC dos tempos antigos

A pesagem! O IMC dos tempos antigos

Quando passei por Oudewater há duas semanas, fui visitar visitar a casa de pesagens que tanta gente procurou ao longo de séculos, e pesei-me na mesma balança para ter o meu certificado, que atesta que tenho peso, fazendo de mim “uma mulher real“ = uma não bruxa! Boas notícias!

Ao conhecer a história de Oudewater, e a perseguição que se fez a tanta gente ao longo dos séculos, lembrei-me da constante discussão à volta da ideia “de representatividade da “mulher real“ e da demonização das outras, aquelas que nos põem na cabeça padrões irreais de beleza, ou aquelas que atentam contra a beleza feminina. As que pecam por ser magras, ou musculadas, ou  gordas, ou por não se importar assim tanto com a aparência.  Uma nova caça às bruxas? Por vezes parece que sim.

Os séculos passaram, as coisas tornaram-se um pouco mais civilizadas, mas se a balança fosse implementada hoje, tinha um número bem mais específico, para definir o que faz de uma mulher, “real“. Não lhe bastaria existir e ter peso! E pelos discursos inflamados a que se assistem, algumas de nós não teriam a sorte das mulheres de Oudewater. Sim, porque em séculos de pesagens, não houve uma mulher (ou homem) que fosse acusado de ser bruxa nesta cidade.

Oudewater 3

Oudewater 4

Bem haja às autoridade de Oudewater, que conseguiram liderar com muito bom senso, em tempos de loucura e histeria. Um bom motivo para se estar orgulhosamente a celebrar 750 anos de uma cidade!

Anúncios

2 comentários

    1. Obrigada! :) tenho outro artigo planeado sobre Oudewater.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Amsterdive

Amsterdam based actress hosts you into her personal amster-dive

Anas há muitas

Mãe, mas Mulher. Aqui escrevo sobre a fantástica experiência da maternidade, os meus cozinhados, os textos da minha autoria, e a minha área de formação – saúde.

THE GIRL WITH SILVER HAIR

THE GIRL WITH SILVER HAIR

agora digo eu

Porque às vezes me apetece dizer com os dedos para que me ouçam com os olhos!

Diário de Prato

Compartilhando o que eu ando fazendo e comendo de gostoso por aqui.

A Limonada da Vida

Uma Portuguesa na Holanda

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

Marianne Beerten

Onroerend goed en Geiten in Portugal

Contador D'Estórias

Narrativas, poemas, músicas, um blog com estórias dentro.

Desbravando Madrid

Curiosidades e dicas sobre a cidade de Madrid

Life's Textures

Notes and tips about (my) life

By Catarina

Writing With a Global Mindset

laplandalltheway

Adventures of a Portuguese girl in Lapland

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

The Frustrated Gardener

The life and loves of a time-poor plantsman

Heidiland

Uma Portuguesa na Holanda

The Kitchen Crashers

Seda ve Hakan’ın Mutfak, Seyahat ve Fotoğraf Maceraları…

%d bloggers like this: