Nadar nos canais: serei eu uma “picuinhas mete-nojo”?

Andavámos nós Domingo a passear no Malie singel em Utrecht, quando vemos um grande aparato de pessoas mesmo junto ao canal.

Aproximamo-nos e damos de caras com pessoas dentro do canal a esbracejar qualquer coisa que parecia uma tentativa de nadar.

swim2
Ai meu Deus, que alguém caiu ao canal!“ foi a primeira coisa que me passou pela cabeça, mas que só durou mesmo uns dois segundos, uma vez que os intervenientes estavam todos de fato completo de mergulho e touca na cabeça. Ninguém cai acidentalmente ao canal assim tão preparado. Percebemos depois que era a primeira edição de uma prova de natação pelos canais de Utrecht.

Eu já tinha ouvido falar deste tipo de provas, sobretudo a famosa prova em Amsterdam em que a rainha Máxima nadou, e cuja participação lhe garantiu muita da popularidade que tem junto dos seus súbditos.

Estas provas geralmente servem um propósito de angariar dinheiro para instituições de solidariedade ou saúde. No entanto, tenho para mim que a grande razão da popularidade que estas provas conferem aos seus participantes, não está relacionada com o seu contributo desportivo para uma boa causa, mas sim com a sua capacidade de se enfiarem sem medo e de cabeça erguida nas águas dos canais das cidades Holandesas.

swim1
Para não ferir susceptibilidades, não quero chamar as águas dos canais de nojentas, mas a própria organização da prova diz que certamente não são águas aconselháveis para uma braçada ao final do dia. Usar um fato completo era obrigatório e a vacina do tétano actualizada um must.  Usar um género de sapatilhas e touca também ajudava.

Ora, mas e a água toda que está em contacto com os olhos, boca, nariz e ouvidos?! (Já para não falar daqueles mamíferos gordinhos e com caudas grandes que vivem à beira dos canais, conhecidos por Muskrat.)

Por muito gira que ache, à ideia que dar umas braçadas à volta de Utrecht e contribuir para uma boa causa, existe em mim um grande sentido de autopreservação e de saúde pública, que não me permitira nunca, jamais, entrar ali voluntaria e normalmente. Serei uma “picuinhas mete nojo“?

Talvez seja, sim senhor,  uma vez que para além da Rainha em Amsterdam, 140 participantes, incluindo o presidente da Câmara,  mandaram-se  sem medo aos canais de Utrecht no passado Domingo! Bem-haja pela coragem e pelo contributo!

Anúncios

8 comentários

  1. Eu também não me metia aí! ;D

  2. Eu tb n me metia mas também já viste como “lavam” eles os copos nos bares??? É também um nojo…
    Já pensei ir buscar uma amostra de água e colocar debaixo do microscópio mas até tenho medo!

    1. Isso e que era! Tirava-se as duvidas :D Sim, “lavar copos” aqui e outra coisa realmente…

  3. Acho que também sou picuinhas. É obrigatório estar vacinada para entrar aí? Não me parece que eu fosse arriscar.

    1. Sim, a vacina do tetano tem mesmo que ser!

      1. Que medo!

  4. Eu teria ido, mas eu sou demasiado aventureira nestas coisas :P Eu acho os Muskrats fofinhos :)

    1. Não são Ana! A água é tão suja…gostava de ser aventureira como tu!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Amsterdive

Amsterdam based actress hosts you into her personal amster-dive

Anas há muitas

Mãe, mas Mulher. Aqui escrevo sobre a fantástica experiência da maternidade, os meus cozinhados, os textos da minha autoria, e a minha área de formação – saúde.

THE GIRL WITH SILVER HAIR

THE GIRL WITH SILVER HAIR

agora digo eu

Porque às vezes me apetece dizer com os dedos para que me ouçam com os olhos!

Diário de Prato

Compartilhando o que eu ando fazendo e comendo de gostoso por aqui.

A Limonada da Vida

Uma Portuguesa na Holanda

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

Marianne Beerten

Onroerend goed en Geiten in Portugal

Contador D'Estórias

Narrativas, poemas, músicas, um blog com estórias dentro.

Desbravando Madrid

Curiosidades e dicas sobre a cidade de Madrid

Life's Textures

Notes and tips about (my) life

By Catarina

Writing With a Global Mindset

laplandalltheway

Adventures of a Portuguese girl in Lapland

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

The Frustrated Gardener

The life and loves of a time-poor plantsman

Heidiland

Uma Portuguesa na Holanda

The Kitchen Crashers

Seda ve Hakan’ın Mutfak, Seyahat ve Fotoğraf Maceraları…

%d bloggers like this: