Sinterklaas: a distribuir presentes e grandes açoites desde o século XIX

Sempre cresci com a ideia que para receber presentes de Natal, teria que ser uma menina bem comportada. Nas semanas anteriores ao Natal, tentava não ser preguiçosa e não falhar com umas das únicas tarefas domésticas que me pediam quando era mais pequena – pôr a mesa.

O pai Natal sempre me trouxe presentes, e fui acreditando que das duas uma:  ou ele me perdoava as birras que tinha feito ao longo do ano, ou ele sofria do mesmo mal da grande maioria dos adultos, e tinha uma memória muito curta.

Em qualquer das situações, o pai Natal foi sempre um velhinho simpático, bonacheirão e de forma muito importante para qualquer criança, generoso.

Ora o que eu não sabia, é que para as crianças deste lado da Europa, há umas boas décadas atrás, o velhinho para além de recompensar os bonzinhos, tinha que distribuir vergastada aos maus. Vinha no descritivo de funções do Sinterklaas: Pancada, puxões de orelhas e chapéus de burro – valia tudo para domar estes pequenos espíritos mal comportados.

IMG_5714.JPG

Desde a sua chegada à Holanda no barco em meados de Novembro até o 5 de Dezembro, o velhote não tinha mãos a medir. Presentes para um lado, açoites para outro.

Alguém achou que tamanha carga de trabalhos, não era adequada para o Santo velhote, e decidiu introduzir a figura de um assistente. E assim nasceu a figura do Zwarte Piet na Holanda. Ao início, o Piet ficou com a parte mais pesada do trabalho. E era ele o bicho papão para as crianças mal comportadas. Aqui nesta imagem o Piet enfia uma criança numa saca (um clássico da pedagogia antiga) e na outra aterroriza os meninos maus.

IMG_5713.JPG

.

IMG_5716-0.JPG

Hoje a controvérsia à volta do Piet tem a ver com estereótipos raciais, e nada com a vertente pedagógica, se faz bem ou mal usar o medo e a intimidação para educar crianças. Até porque a figura do Piet hoje em dia tem tudo menos de ameaçador.

IMG_5712-0.JPG

Para quem está interessado nesta tradição holandesa, pode ver a evolução do Sinterklaas e do
Piet através de ilustrações antigas, no Rijksmuseum em Amsterdam

Anúncios

3 comentários

  1. as ilustrações são lindíssimas, quanto ao conteúdo e mensagem adjudicada, aí, é que já não há assim tanta beleza. a pedagogia do século XIX: palmada e bofetada, não vai a bem, vai a mal, o que desconhecia era que, o simpático velhinho, afinal tinha também uma missão tão ruim. :-)

    1. Tambem eu! O que eu me ri ao ver a imagem que pus no header: o velhote de cana na mao e os pais serenos atras como nao estivesse a acontecer nada! simplesmente inacreditavel para os dias de hoje :)

  2. […] (Foto na expo do Rijksmuseum no ano passado) […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Amsterdive

Amsterdam based actress hosts you into her own amster-dive

Anas há muitas

Mãe, mas Mulher. Aqui escrevo sobre a fantástica experiência da maternidade, os meus cozinhados, os textos da minha autoria, e a minha área de formação – saúde.

THE GIRL WITH SILVER HAIR

THE GIRL WITH SILVER HAIR

agora digo eu

Porque às vezes me apetece dizer com os dedos para que me ouçam com os olhos!

Diário de Prato

Compartilhando o que eu ando fazendo e comendo de gostoso por aqui.

A Limonada da Vida

Uma Portuguesa na Holanda

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

Marianne Beerten

Onroerend goed en Geiten in Portugal

Contador D'Estórias

Narrativas, poemas, músicas, um blog com estórias dentro.

Desbravando Madrid

Curiosidades e dicas sobre a cidade de Madrid

Life's Textures

Notes and tips about (my) life

By Catarina

Writing With a Global Mindset

laplandalltheway

Adventures of a Portuguese girl in Lapland

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

The Frustrated Gardener

The life and loves of a time-poor plantsman

Heidiland

Uma Portuguesa na Holanda

The Kitchen Crashers

Seda ve Hakan’ın Mutfak, Seyahat ve Fotoğraf Maceraları…

%d bloggers like this: