O “Kleine Prins” de Saint-Exupéry

Hoje vou começar a ler o Principezinho em Holandês, como a continuação da minha demanda de dobrar esta língua. Li-o pela primeira vez quando tinha uns 11-12 anos e lembro-me bem o quanto me tocou a história do rapaz e da rosa. Na altura não percebi todos os significados que o livro esconde. Foi só anos mais tarde, quando o reli, que me encantei novamente com a beleza desta história de Saint-Exupéry.

20140609-174751-64071750.jpg

Gosto da simbologia de o ler pela terceira vez, desta feita em Holandês, exactamente 70 anos depois do desaparecimento trágico do autor.

Saint-Exupery

Este dia 6 de Junho celebrou-se os 70 anos do dia D e no próximo dia 31 de Julho farão 70 anos desde o trágico desaparecimento de Saint-Exupéry, em missão como piloto na Segunda Guerra Mundial. Ler o seu livro em Holandês, será o meu pequeno e singelo tributo ao autor. Quem sabe um dia não o lerei finalmente na versão original. Mas por agora ficamo-nos pelo Holandês em “De Kleine Prins”.

Anúncios

2 comentários

  1. Gosto tanto deste livro…é de uma beleza sem igual! Acho que se o lêssemos todos os anos entenderíamos sempre algo diferente! Bom desafio em holandês ;)

  2. […] Ontem cheguei finalmente ao famoso capítulo em que o Pequeno Príncipe conhece a sua amiga raposa e ela lhe explica o que significa cativar e lhe conta dois segredos: “só se vê bem com o coração, porque o essencial é invisível para os olhos“ e “ficas responsável para todo o sempre por aquilo que cativaste.“ […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Amsterdive

Amsterdam based actress hosts you into her own amster-dive

Anas há muitas

Mãe, mas Mulher. Aqui escrevo sobre a fantástica experiência da maternidade, os meus cozinhados, os textos da minha autoria, e a minha área de formação – saúde.

THE GIRL WITH SILVER HAIR

THE GIRL WITH SILVER HAIR

agora digo eu

Porque às vezes me apetece dizer com os dedos para que me ouçam com os olhos!

Diário de Prato

Compartilhando o que eu ando fazendo e comendo de gostoso por aqui.

A Limonada da Vida

Uma Portuguesa na Holanda

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

Marianne Beerten

Onroerend goed en Geiten in Portugal

Contador D'Estórias

Narrativas, poemas, músicas, um blog com estórias dentro.

Desbravando Madrid

Curiosidades e dicas sobre a cidade de Madrid

Life's Textures

Notes and tips about (my) life

By Catarina

Writing With a Global Mindset

laplandalltheway

Adventures of a Portuguese girl in Lapland

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

The Frustrated Gardener

The life and loves of a time-poor plantsman

Heidiland

Uma Portuguesa na Holanda

The Kitchen Crashers

Seda ve Hakan’ın Mutfak, Seyahat ve Fotoğraf Maceraları…

%d bloggers like this: