A natureza dentro de casa

Um pouco fora do centro de Utrecht, no Parque de Amelisweer, existe um novo museu.

O MOA foi inaugurado pela ex-Rainha Beatrix no ínicio deste ano. O tema do museu gira à volta das memórias desta antiga e rica casa de campo do século XVII e da obra do artísta Holandês Armando.

20140506-145028.jpg

MOA é uma “casa de arte” e lar de três coleções diferentes: a Coleção Armando, casa de campo Oud Amelisweerd e uma coleção de papeis de parede históricos.

E que bonitos papeis de parede! São supostamente os maiores e mais antigos exemplares de papel de parede Chinês original colocados numa casa.

20140506-145015.jpg

Foram colocados naquelas paredes numa altura da nossa história colectiva – o Ilumismo, em que a natureza devia ser trazida para dentro de casa. A natureza como arte, ciência e cultura envolve toda a casa, começando pelos pelos maravilhosos bosques do parque natural de Amelisweerd (onde por acaso aprendi a andar de bicicleta o ano passado!)

E assim, todo o rés-do-chão desta casa é uma ode ao que se passa fora da casa. Flores, paisagens de rios e caça. A natureza é convidada para estar entre quatro paredes. Percebe-se então que não se tratava de uma casa qualquer, nesse tempo remoto dos séculos XVII e XVIII.

Foi mandada construir por uma família rica com ligações à VOC (a companhia das índias Holandesa) e chegou a experienciar uma dormida real no século XVIII.

Hoje o MOA oferece aos seus visitantes um ambiente tranquilo para se refletir, contemplar e encontrar inspiração.

20140506-145039.jpg

Oferece também casa às obras do artista Armando, que apesar de ter nascido no século XX, se pode considerar também um homem do Ilumismo. Ainda trabalha hoje e escreve prosa, poesia, esculpe e pinta. Arte completa.

Durante a Segunda Guerra Mundial escreveu sobre as atrocidades que viu no campo de concentração de Amersfoort. De Amersfoort seguiram muitos dos judeus Holandeses para outros de campo de concentração, incluíndo Anne Frank.

20140506-145056.jpg

Armando denunciou através de arte o que se passou, mas disse também que dentro de todos os criminosos há sempre um pouco de vítima. Esta lucidez não é fácil de aceitar para quem se encontra em Guerra, do lado dos justos e inocentes da barricada, mas foi talvez uma forma de Armando praticar o perdão perante as forças invasoras e encontrar amor no meio de caos e horror.

Escola de judeus para Amersfoort

Escolta de judeus para Amersfoort

A verdade é que a Alemanha passados muitos anos reconheceu o perdão que lhe foi dada em tempos de guerra, e convidou Armando para vir trabalhar em Berlim, onde ainda hoje trabalha. Manteve sempre ligação às suas terras Natais, Amsterdam e Amersfoort, onde também tem casa e trabalha.

20140506-145049.jpg

Em Amersfoort havia um museu dedicado a Armando, mas que ardeu há uns anos, e que encontrou agora no MOA uma nova casa.

A casa merece uma visita, por exemplo incluido num passeio de fim-de-semana no bosque e que pode acabar com uma visita à casa das panquecas. Mais um motivo para passar umas horas nesta zona de Utrecht.

Anúncios

One comment

  1. […] uma réplica do altar original à deusa que se pode encontrar perto de Utrecht em Amelisweerd, mas o original encontra-se no Rijksmuseum de […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Amsterdive

Amsterdam based actress hosts you into her personal amster-dive

Anas há muitas

Mãe, mas Mulher. Aqui escrevo sobre a fantástica experiência da maternidade, os meus cozinhados, os textos da minha autoria, e a minha área de formação – saúde.

THE GIRL WITH SILVER HAIR

THE GIRL WITH SILVER HAIR

agora digo eu

Porque às vezes me apetece dizer com os dedos para que me ouçam com os olhos!

Diário de Prato

Compartilhando o que eu ando fazendo e comendo de gostoso por aqui.

A Limonada da Vida

Uma Portuguesa na Holanda

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

Marianne Beerten

Onroerend goed en Geiten in Portugal

Contador D'Estórias

Narrativas, poemas, músicas, um blog com estórias dentro.

Desbravando Madrid

Curiosidades e dicas sobre a cidade de Madrid

Life's Textures

Notes and tips about (my) life

By Catarina

Writing With a Global Mindset

laplandalltheway

Adventures of a Portuguese girl in Lapland

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

The Frustrated Gardener

The life and loves of a time-poor plantsman

Heidiland

Uma Portuguesa na Holanda

The Kitchen Crashers

Seda ve Hakan’ın Mutfak, Seyahat ve Fotoğraf Maceraları…

%d bloggers like this: