A saga continua: Pastinaak na Holanda, Cherovia em Portugal

A saga dos legumes desconhecidos continua! Tal como o Patisson há um mês atrás, estas Pastinaak (o nome Holandês dos “legumes” em questão) aterraram na minha cozinha, e imediatamente causaram uma onda de espanto, receio e entusiasmo. Será isto uma cenoura, ou será isto uma batata?! Ou um Nabo talvez?

20140130-213539.jpg

Depois de alguma pesquisa no google, descobri que este tubérculo, demasiado pálido para ser uma cenoura, mas com forma “acenourada”, também existe em Portugal e se chama Cherovia! Foi preciso mudar-me para a Holanda, para descobrir que este maravilhoso tubérculo existe e é cozinhado a Norte de Portugal.

Para quem, tal como, eu desconhece a Cherovia, esta beleza possui mais vitaminas que a cenoura e é rica em cálcio, fósforo, potássio, ferro e fibras. Há alguns séculos atrás, a cherovia estava na base da alimentação, era utilizada em sopas, molhos, purés, assados; mas com a introdução da cultura da batata, a qual se desenvolve facilmente em qualquer solo ou clima, a cherovia foi perdendo importância. Aqui na Holanda vou vendo-a sobretudo em mercados biológicos, mas ocasionalmente nos supermercados ditos “mais normais”: Plus, Albert Hein, etc.

O plantio da Cherovia exige climas mais frios, e por isso é mais fácil encontrá-la a Norte (Reino Unido, Holanda, etc), mas aparentemente também para os lados da Serra da Estrela e da Cova da Beira, e na Covilhã inclusivamente existe o Festival da Cherovia!

Cherovia

São estas coisas que eu adoro no meu País! Temos uma riqueza gastronómica fenomenal e sabemos celebrar isso.

Deste lado, os próximos dias serão aplicados a encontrar receitas Portuguesas, Holandesas ou Inglesas para este 1kg de maravilha leguminosa. E do que vi até agora parece prometer em sabor.

Fica a sugestão, para quem está por estes lados da Europa ou em Portugal, e quer experimentar algo diferente!

Anúncios

12 comentários

  1. Descobri esse legume no jantar de ano novo, cozinhado por um inglês: Roasted lamb with parsnip! E para ele, é um legume perfeitamente normal, como a cenoura… Eu cá nunca tinha ouvido falar :P Eheh

  2. n conhecia!!! curioso!

  3. E o sabor, é parecido com quê?

    1. Entre a cenoura, o nabo e a batata doce! Fará isto algum sentido?! ahaha

  4. Ahhhh… eu já cá estou há quase 2 anos mas nunca experimentei.
    Pensei que fosse um tipo de nabo mas tive medo de usar na sopa – é que quando cá cheguei cheguei a deitar uma panela de sopa para o lixo por ter comprado algo que pensava ser agrião e afinal não era! Lol

    1. Agora tens que experimentar! :) Olha aqui um site Holandes: http://www.pastinaak.nl/

  5. R: Concordo . Há muitas mais pessoas à espera e que merecem em relação a este tipo de opções próprias que não medem consequências depois. Embora, ache, que ainda assim são seres humanos e acredito, que haja médicos que não ligue a isso e vai consoante a lista de espera. Se for ele, ou uma pessoa como ele, tem o mesmo direito cívico. Mas sou realmente da mesma opinião que a tua, ainda assim.
    E como referi , no texto, ele ainda por cima é tatuador profissional e sabe muito bem as consequências a que isso advém.

  6. Luís Santos · · Responder

    É verdade sim senhor. Na Covilhã há muitas e diversas formas de as cozinhar. Já fui a algumas festivais da cherovia :)

    1. Pensei em ti a escrever este artigo! Tens que partilhar comigo o teu conhecimento culinário sobre Cherovias ;)

  7. Não fazia a mais pálida ideia…
    (vi-o por aí, pensei que fosse uma espécie de nabo mas não me atrevi…)

  8. […] porquê hoje? Porque à semelhança das minhas outras aventuras com legumes desconhecidos este pobre tubérculo da família afastada da cenoura, está há coisa de duas semanas na dispensa […]

  9. […] aqui no blog de alguns vegetais que só conheci desde que vim para a Holanda, como por exemplo as pastinacas (ou cherovia), o knolselderij, as cenouras roxas, ou o […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Amsterdive

Amsterdam based actress hosts you into her personal amster-dive

Anas há muitas

Mãe, mas Mulher. Aqui escrevo sobre a fantástica experiência da maternidade, os meus cozinhados, os textos da minha autoria, e a minha área de formação – saúde.

THE GIRL WITH SILVER HAIR

THE GIRL WITH SILVER HAIR

agora digo eu

Porque às vezes me apetece dizer com os dedos para que me ouçam com os olhos!

Diário de Prato

Compartilhando o que eu ando fazendo e comendo de gostoso por aqui.

A Limonada da Vida

Uma Portuguesa na Holanda

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

Marianne Beerten

Onroerend goed en Geiten in Portugal

Contador D'Estórias

Narrativas, poemas, músicas, um blog com estórias dentro.

Desbravando Madrid

Curiosidades e dicas sobre a cidade de Madrid

Life's Textures

Notes and tips about (my) life

By Catarina

Writing With a Global Mindset

laplandalltheway

Adventures of a Portuguese girl in Lapland

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

The Frustrated Gardener

The life and loves of a time-poor plantsman

Heidiland

Uma Portuguesa na Holanda

The Kitchen Crashers

Seda ve Hakan’ın Mutfak, Seyahat ve Fotoğraf Maceraları…

%d bloggers like this: