O Sinterklaas chegou!

Meio-dia em ponto na entrada de um dos canais principais da cidade de Utrecht. Apesar de estar ligeiramente fora do centro, e estar um frio húmido que se entranha na pele, centenas de pais e crianças estão ansiosamente debruçados para o canal para ver uma das figuras mais aguardadas do ano chegar à cidade.

20131117-194159.jpg

Quase tão inverosímil como a história do pai Natal, a lenda do São Nicolau é no mínimo original. Apesar do Santo Nicolau ser originário da Turquia, as disputas que se seguiram à sua morte para a posse das suas relíquias, fez com que os povos aqui das terras baixas acreditassem que ele era na realidade Espanhol. Assim, o Sinterklaas, como é por aqui conhecido inicia a sua viagem até à Holanda desde Espanha num barco a vapor para dar presentes aos meninos que se portaram bem.

20131117-194117.jpg

Claro que esta parte do barco a vapor só foi introduzida na tradição do Sinterklass a partir do século XIX, quando essa excitante nova invenção estava popularizada. E mais ou menos nessa mesma altura foi introduzido na tradição do Sinterklaas, a agora muitíssima controversa figura do ajudante do santo – o Zwarte Piet (traduzindo à letra o Pedro Preto). Reza a lenda que o Zwarte Piet era um escravo libertado por São Nicolau, que lhe ficou tão grato que se tornou o seu ajudante. Versões mais modernas da história, dizem que o Zwarte Piet é Zwarte, por descer de tantas chaminés. O estranho desta versão da história é que as roupas do Piet continuam imaculadas e brilhantes, apesar da abundante fuligem no rosto. Assim, anualmente centenas de Holandeses loiros e de olhos azuis pintam-se de preto, pintam os lábios de vermelho, põe uma cabeleira aos caracóis e vão alegrar as comemorações do Sinterklass. Ao início estranha-se, depois entranha-se, ou talvez não…

20131117-194211.jpg

20131117-194146.jpg

A nação está dividida em relação à figura do Piet: uns acham-no uma figura incontornável da tradição Holandesa, outros acham-no uma imagem estereótipo do africano que apela ao passado esclavista e racista da sociedade holandesa. Para apaziguar as hostes em disputa, foi decidido para este ano retirar da caracterização do Zwarte Piet alguns dos elementos que acentuam esse estereótipo – os grandes lábios vermelhos e as grandes argolas de ouro. Apesar destas alterações, em Amsterdam chegaram a haver manifestações para impedir a chegada do Sinterklass e do Zwarte Piet, que não foram bem sucedidas.

20131117-214812.jpg

Polémicas à parte, a verdade é que as crianças adoram tanto o Zwarte Piet como o Sinterklass. Ora, se ambos lhes trazem presentes e doces, afinal quem não gostaria destas duas figuras?

20131117-214820.jpg

E lá estavam elas, às centenas, as crianças expectantes para verem o exército de Piets (são mesmo muitos e muitas) a remar canal acima, ao lado do dito barco a vapor do Sinterklass que envergava bandeira espanhola e tudo. Muitas crianças estavam com o chapéu do Piet ou vestidas com um fatinho encarnado de bispo igual ao de São Nicolau. Cantavam canções e quando finalmente o Sinterklass chegou não contiveram a emoção gritando “Sinterklaas! Sinterklass” e acenando de forma energética.

Começou assim o período festivo até ao dia 5 de Dezembro, o dia em que se celebra o dia do Sinterklass propriamente dito. Honestamente não estou totalmente por dentro de todas as tradições que envolvem este período, mas confesso que as coisas que já vou conhecendo lhes acho alguma piada.

Para dizer a verdade, o que achei mais engraçado foi ver esta tarde na televisão regional o Sinterklass a ser entrevistado como se fosse uma pessoa real. É que o Sinterklass discursou e tudo: “Estou muito feliz por estar mais um ano aqui em Utrecht, acabei de chegar de Espanha e foi com muita felicidade que vi mais crianças do que o ano passado para me receber”.

Sinterklass dá entrevista para jornal (Foto: De Utrechtse Internet Courant)

Sinterklass dá entrevista para jornal (Foto: De Utrechtse Internet Courant)

Mais, Sinterklass foi inclusivamente recebido pelo presidente da Câmara e houve trocas de presentes. Assim, fica mais fácil acreditar no Sinterklaas que no Pai Natal! Apesar de todos sabermos que as ligações fluviais Espanha Holanda são um pouco fantasiosas e que o facto de ele chegar a várias cidades na Holanda no mesmo dia ser no mínimo estranho.

Pormenores à parte: que comecem as festividades!

Anúncios

12 comentários

  1. E agora é hora de começar a deixar cenouras nos sapatos (ou palha ou açúcar) para o cavalo do Sinterklaas e uma tacinha com água, pois o animal precisa de forças para a jornada! E com sorte, em vez de um pedaço de carvão, a criancinha recebe uma prenda…

    1. Que giro! E sabes de mais tradições? os presentes só aparecem mesmo no dia 5 não é?

      1. As prendas… Pelo que vou percebendo (e agora também fazendo), e dependendo das famílias, entre o dia em que o Sinterklaas chega e o dia 5, as crianças (que se portaram bem) podem ir recebendo pequenas prendas (fazendo todo o ritual que te descrevi acima (e mais uma canção, na altura de colocar a cenoura, e de manhã quando retiram a prenda, agradecem ao Sinterklaas). Ah e as prenditas também podem ser as pepernootjes e/ou a letra.
        No dia 5 recebem a prenda maior ou mais significativa. No dia 5 algumas famílias, além das prendas aos mais pequenos, oferecem também surpresas (surprises), que geralmente são prendas feitas à mão e com valor simbólico. Ah e a surprise vai também acompanhada de um poema jocoso/satírico. Mas depende muito de família para família. E em vez de se dar uma surpresa a cada membro da família, faz-se um sorteio para ver com quem ficas, antes do dia 5, claro.
        Durante a pakjesavond, a do dia 5, as crianças bebem chocolate quente e comem taai-taai cookjes. Confuso?! ;) sempre achei este período o mais animado e desorganizado neste país! :) :)

      2. Susana, amei! Estou pronta para enfrentar o Sinterklass! Obrigada pela partilha :) A mim só me faltam as crianças :) está visto que tenho eu que fazer de criança!

  2. Pois claro que o ajudante é preto mesmo por ser a cor de pele dele, pelos restantes traços bem como por como dizes, as roupas ficam imaculadas e o resto fica preto?
    Só não acho que tenha de ser mau, se foi um escravo que ao ser libertado quis ajudar não deveria ser motivo de vergonha…escravidão foi uma realidade e se um ex-escravo quis ficar a ajudar só pode ser porque o seu antigo patrão era boa pessoa…
    Enfim, daqui a umas semanas lá irei eu comemorar este dia com a família holandesa :D

    1. Tens que me contar o que vais fazer de especial para o dia! Preciso de inspiração :D

  3. Que tradição tão original! :) Love it!

  4. Tenho colegas no trabalho que dizem as crianças que eles estão pretos por causa do sol espanhol! lol E sabes que dá o jornal do Sinterklaas? Todos dias no canal 3 às 18h! Oh Susana não sabia que as crianças comiam isso na pakjesavond! Este ano vou fazer isso com os meus ;)

  5. […] ser sempre uma boa ideia para uma lembrança agora na altura do Natal ou do Sinterklaas, com o selo “Made in […]

  6. […] seja pelo Natal estar quase à porta, e o Sinterklaas ter chegado ao Reino da Holanda este sábado, mas nestes últimos dias tenho-me constantemente lembrado que preciso começar a pensar em […]

  7. adorei saber. quero mais! :-)

  8. […] (Foto tirada em 2013 na chegada do São Nicolau em Utrecht) […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Amsterdive

Amsterdam based actress hosts you into her personal amster-dive

Anas há muitas

Mãe, mas Mulher. Aqui escrevo sobre a fantástica experiência da maternidade, os meus cozinhados, os textos da minha autoria, e a minha área de formação – saúde.

THE GIRL WITH SILVER HAIR

THE GIRL WITH SILVER HAIR

agora digo eu

Porque às vezes me apetece dizer com os dedos para que me ouçam com os olhos!

Diário de Prato

Compartilhando o que eu ando fazendo e comendo de gostoso por aqui.

A Limonada da Vida

Uma Portuguesa na Holanda

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

Marianne Beerten

Onroerend goed en Geiten in Portugal

Contador D'Estórias

Narrativas, poemas, músicas, um blog com estórias dentro.

Desbravando Madrid

Curiosidades e dicas sobre a cidade de Madrid

Life's Textures

Notes and tips about (my) life

By Catarina

Writing With a Global Mindset

laplandalltheway

Adventures of a Portuguese girl in Lapland

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

The Frustrated Gardener

The life and loves of a time-poor plantsman

Heidiland

Uma Portuguesa na Holanda

The Kitchen Crashers

Seda ve Hakan’ın Mutfak, Seyahat ve Fotoğraf Maceraları…

%d bloggers like this: