Ideias que vale a pena roubar #4: Comprar ao agricultor, comer melhor e poupar uns trocos

De saco em riste, depois do jantar, saímos calmamente ontem de casa para ir às compras. Mas em vez de irmos às compras ao supermercado ali do bairro fomos às compras a casa de dois amigos que estão a lançar um projecto que pretende reaproximar a produção do consumidor final.

O Rechtstreetx é um projecto que surgiu em Rotterdam e que se alimenta da ideia que a cadeia de distribuição de alimentos deve ser o mais transparente e directa possível. Eliminando uma parte dos intermediários na distribuição de alimentos, é possível obter melhor margens para os agricultores e melhores preços para os consumidores. O projecto centra-se também na ideia que é possível eliminar parte do desperdício da distribuição, aproximar comunidades e oferecer produtos de alta qualidade e biológicos.

Rechts

A logística é relativamente descomplicada: são definidos embaixadores nas diferentes cidades da Holanda que dinamizam o projecto e que actuam como um género de central de compras. Os embaixadores divulgam uma lista de produtos oferecidos pelos produtores e centralizam depois os pedidos. Como a produção é local é possível entregar os produtos perto da comunidade que os encomendou. Depois é só recolher a encomenda!

Os embaixadores podem optar por fazer esta actividade em regime de voluntariado ou tirar uma margem para eles. O objectivo é que os produtos sejam sempre competitivos face aos oferecidos nos supermercados e com uma qualidade e frescura superior.

Este género de iniciativa está a ganhar expressão crescente na Holanda, o que não deve agradar de todo às grandes cadeias de distribuição. E quem adere a este movimento não são só os “hippies” do costume mas uma comunidade muito transversal que procura melhor qualidade no que consome e ter um impacto mais positivo no ambiente. Obviamente que iniciativas como esta não substituem completamente uma ida normal ao supermercado, mas existem uma série de produtos que podem ser substituídos por uma melhor relação qualidade de preço.

20131024-114147.jpg

Sobre os produtos: comprámos ovos, iogurte magro, cenouras, queijo e pêras! E frescura é sem dúvida um bom adjectivo para descrever os produtos: as cenouras ainda vinham com terra! Acabadas de apanhar, tal como as pêras. O queijo e o iogurte são deliciosos. Os ovos também já foram aprovados pelo conselho cá de casa. O balanço final: sem dúvida uma experiência a repetir!

Anúncios

10 comentários

  1. Ah, obrigada pela informação! Tenho de irà procura de tal!

    1. Acho que tens informação no link que pus no texto! Mas se quiseres saber mais alguma coisa eu tento saber :) bjs

  2. manuel Pepe · · Responder

    As pessoas que iniciaram e estão a dar continuidade ao projeto estão de parabéns . Cabe a cada um de nós, onde quer que estejamos fazer algo de construtivo, só assim temos autoridade para criticar as autoridades governativas. E esta hein!!!

  3. Ainda bem que gostaste :) eu digo o mesmo, e espero que la continues a ir hehe
    Este museu eh na parte noord brabant da Holanda, perto de Eindhoven… agora para o natal tambem vao fazer, a ver vamos se vou novamente :)

  4. Inês Claro · · Responder

    Já há algumas iniciativas semelhantes cá ;) Mas que é uma grande ideia, é…
    Beijinhos

    1. Beijinhos, beijinhos Inês! Continua a aparecer aqui no estaminé :)

  5. No dia que ‘descobri’ o espressoandstroopwafel comecei a ler um post atrás do outro, até ao início do blog. Tenho que dar os parabéns pela forma como escreves, pelo estilo de vida e pelas boas ideias que partilhas. Fiquei fã, especialmente porque também vivo na Holanda a os sentimentos e vivências acabam por coincidir.

    1. Obrigada Joana!! ;) acho que chegamos a Holanda mais ou menos ao mesmo tempo: devemos estar a viver “as mesmas coisa” mais ao menos ao mesmo tempo! É engraçado encontrar reflexos da nossa experiência noutras pessoas :) vou cuscar o teu blog!

  6. […] ao início tinha encomendado uma abóbora no Rechtstreex, quando me aparece isto em […]

  7. […] pôr nem um dedo mindinho fora de casa) e também uma forma de compensar as saudades que tenho do antigo projecto de compras em cooperativa aqui do bairro em que comprávamos directamente ao produ…. Descobri e experimentei alguns vegetais populares na Holanda desta forma. Infelizmente o projecto […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Amsterdive

Amsterdam based actress hosts you into her own amster-dive

Anas há muitas

Mãe, mas Mulher. Aqui escrevo sobre a fantástica experiência da maternidade, os meus cozinhados, os textos da minha autoria, e a minha área de formação – saúde.

THE GIRL WITH SILVER HAIR

THE GIRL WITH SILVER HAIR

agora digo eu

Porque às vezes me apetece dizer com os dedos para que me ouçam com os olhos!

Diário de Prato

Compartilhando o que eu ando fazendo e comendo de gostoso por aqui.

A Limonada da Vida

Uma Portuguesa na Holanda

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

Marianne Beerten

Onroerend goed en Geiten in Portugal

Contador D'Estórias

Narrativas, poemas, músicas, um blog com estórias dentro.

Desbravando Madrid

Curiosidades e dicas sobre a cidade de Madrid

Life's Textures

Notes and tips about (my) life

By Catarina

Writing With a Global Mindset

laplandalltheway

Adventures of a Portuguese girl in Lapland

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

The Frustrated Gardener

The life and loves of a time-poor plantsman

Heidiland

Uma Portuguesa na Holanda

The Kitchen Crashers

Seda ve Hakan’ın Mutfak, Seyahat ve Fotoğraf Maceraları…

%d bloggers like this: