Ideias que vale a pena roubar #3: um multibanco em cada telemóvel

A semana passada encomendei um pão sem glúten à minha vizinha. Isto foi feito através da plataforma holandesa de partilha de refeições que falei aqui no blog! Ia entusiasmada até a casa da minha vizinha para levantar a minha encomenda com um nervoso miudinho à mistura. Afinal, nunca se sabe bem o que se poderá encontrar. Serão as pessoas simpáticas ou mal encaradas? A casa estará limpa ou uma confusão? E por último será a refeição boa?

Encontrei um cenário de perfeição: uma mãe e filha do mais querido, inteligente e bem humorado que pode haver, numa cozinha imaculada, que cheirava a comida saudável acabada de fazer. Ficámos um bom quarto de hora à conversa: desde restrições alimentares, a aprender holandês e a arte de aprender a cozinhar.

E a juntar a tudo isto, a minha vizinha disse-me que estava a tentar lançar pequenos negócios que implicavam presença em feiras e alguma mobilidade, e que para não perder clientes que não tinham dinheiro consigo, tinha mesmo agora começado a aceitar cartão.

E ali estava ele, sobre a mesa da cozinha o sistema da Payleven sobre o qual tanto tinha lido em Portugal, mas que nunca tinha tido oportunidade de ver ao vivo e experimentar.

Payleven

De uma forma simples, este sistema transforma um telemóvel com ligação à internet num terminal de pagamentos. A Payleven disponibiliza uma aplicação para o telemóvel, que comunica via Bluetooth com um pequeno dispositivo que lê o pin dos cartões.

Era a primeira vez que a minha vizinha usava este sistema. Para mim foi um prazer ser a cobaia e ver passo por passo como se tornou tão fácil a qualquer pessoa aceitar pagamentos por cartão, sem recorrer aos comuns terminais de pagamento dos bancos.

Em menos de 5 minutos a operação fica concluída: colocar o valor do pagamento na aplicação, confirmar para se fazer a sincronização com o dispositivo onde se vai inserir o cartão, colocar o cartão, confirmar valor, inserir o código PIN e inserir o email para receber factura por email.

Para um cliente é conveniente, semelhante a qualquer outra terminal de pagamento, rápido e sem papel. O comerciante não perde clientes e paga bastante menos por transação do que pagaria se o pagamento fosse feito através de um banco. Para além disso não se precisa de perceber nada de informática para colocar tudo a funcionar. Ideal para pequenos comerciantes que necessitam de mobilidade.

A Payleven ainda não chegou a Portugal, mas está a lançar-se por exemplo no Brasil. Acredito que as inovações na área dos pagamentos trazem o potencial de quebrar barreiras ao desenvolvimento de pequenos negócios e iniciativas. Uma mãe que decidiu apostar na sua receita de pão caseiro sem glúten, um artista que apresenta o seu trabalho em feiras, um vendedor de gelados ou castanhas, podem ver as suas receitas aumentadas apenas por começarem a aceitar outra forma de pagamento.

Para além da Payleven existem outras empresas com soluções semelhantes de pagamento que vale a pena estar atento!

Na minha perspectiva, uma das coisas boas de se estar num país mais a Norte é a proximidade com algumas destas novas ideias que vão surgindo e alastrando, mesmo nos locais mais improváveis como uma cozinha de uma vizinha.

E desse lado, alguém tem experimentado estas formas de pagamento por telemóvel? Como tem sido a experiência?

Anúncios

4 comentários

  1. Nunca experimentei. O que se começa a ver aqui por Madrid, e por exemplo o meu cartão do BBVA tem, são os pagamento com tecnologia contacless.

  2. E ja experimentaste contacless? :)

  3. José Tiago Antunes · · Responder

    Não conhecia. Muito interessante sobretudo dada a aplicação a pequenos negócios. A leitura da inovação em contexto real torna-a ainda mais apelativa.

    1. É mesmo isso que eu acho super interessante: fartei me de ler sobre o assunto, mas nada substitui usar e ver a aplicabilidade no dia a dia :)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Amsterdive

Amsterdam based actress hosts you into her personal amster-dive

Anas há muitas

Mãe, mas Mulher. Aqui escrevo sobre a fantástica experiência da maternidade, os meus cozinhados, os textos da minha autoria, e a minha área de formação – saúde.

THE GIRL WITH SILVER HAIR

THE GIRL WITH SILVER HAIR

agora digo eu

Porque às vezes me apetece dizer com os dedos para que me ouçam com os olhos!

Diário de Prato

Compartilhando o que eu ando fazendo e comendo de gostoso por aqui.

A Limonada da Vida

Uma Portuguesa na Holanda

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

Marianne Beerten

Onroerend goed en Geiten in Portugal

Contador D'Estórias

Narrativas, poemas, músicas, um blog com estórias dentro.

Desbravando Madrid

Curiosidades e dicas sobre a cidade de Madrid

Life's Textures

Notes and tips about (my) life

By Catarina

Writing With a Global Mindset

laplandalltheway

Adventures of a Portuguese girl in Lapland

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

The Frustrated Gardener

The life and loves of a time-poor plantsman

Heidiland

Uma Portuguesa na Holanda

The Kitchen Crashers

Seda ve Hakan’ın Mutfak, Seyahat ve Fotoğraf Maceraları…

%d bloggers like this: