A inauguração de um coreto na Holanda do século XXI

Não quero fazer juízos de valor sobre a psique Holandesa, mas não sei o que se terá passado na cabeça colectiva da Comissão de Moradores aqui do meu bairro para ter aprovado, há uns largos meses atrás, a proposta de uma moradora, para se construir um coreto no grande relvado aqui do bairro.

O coreto

O coreto

Talvez o coreto seja mais um patamar da evolução de necessidades de um bairro holandês: já existe parque infantil, campo de futebol e basket, rampa de skate, espreguiçadeiras, espaços delimitados para as necessidades dos cães e ecopontos com fartura: o coreto talvez seja “la piece de resistance” do bem estar de uma localidade.

Nada contra coretos atenção! Na maior parte dos casos até os acho muito bonitos e românticos. Apenas fiquei surpreendida quando me apercebi que a “musiek tent” que se anunciava na circular enviada aos moradores, era afinal de ferro e precisava de retro escavadora, e não uma tenda provisória.

E é só de mim, ou construir um coreto não é uma coisa muito século XIX? E será que alguém aguenta mesmo tocar e ouvir música num espaço completamente aberto no clima Holandês?

Além disso, os coretos que antes serviam como um centro cultural e de encontro das comunidades, palco de muitos concertos, hoje estão praticamente silenciosos.

Dúvidas à parte, o dito foi inaugurado este fim-de-semana com toda a pompa e circunstância, e à maneira Holandesa: com uma feira de coisas em segunda mão a acompanhar as festividades.

Velharias e mais velharias

Velharias e mais velharias

E mais velharias

E mais velharias

Entre uma banda de Jazz, um palhaço e uma banda filarmónica a tocar os grandes hits do Michael Jackson, lá estavam as tendas montadas. Roupa de bebé, sapatos, fogões, frigoríficos, panelas, brinquedos e bric-a-braque. Tudo usado e a bons preços à boa maneira holandesa. Visões inacreditáveis para a nossa noção de organização nórdica, como um tipo a vender microondas e um frigorífico à chuva, com uma porta velha a anunciar o preço, em cima de um atrelado.

Estética

Estética

Eu sentia-me como uma pessoa do futuro a olhar para o passado. Afinal a inauguração de um coreto é um evento muito vintage, que traz a quase certeza de um futuro solitário e silencioso. Mas neste caso talvez seja diferente, talvez me entre música casa a dentro, de vez em quando.

Quanto ao passado…fotos de outros tempos nos coretos da Holanda:

Banda toca ao longe no Coreto Vredenburg em Utrecht 1891

Banda toca ao longe no Coreto Vredenburg em Utrecht 1891

Coreto de Nieuweroord em 1908 sob a neve

Coreto de Nieuweroord em 1908 sob a neve

Coreto no Neude em Utrecht nos anos 40

Coreto no Neude em Utrecht nos anos 40

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Amsterdive

Amsterdam based actress hosts you into her personal amster-dive

Anas há muitas

Mãe, mas Mulher. Aqui escrevo sobre a fantástica experiência da maternidade, os meus cozinhados, os textos da minha autoria, e a minha área de formação – saúde.

THE GIRL WITH SILVER HAIR

THE GIRL WITH SILVER HAIR

agora digo eu

Porque às vezes me apetece dizer com os dedos para que me ouçam com os olhos!

Diário de Prato

Compartilhando o que eu ando fazendo e comendo de gostoso por aqui.

A Limonada da Vida

Uma Portuguesa na Holanda

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

Marianne Beerten

Onroerend goed en Geiten in Portugal

Contador D'Estórias

Narrativas, poemas, músicas, um blog com estórias dentro.

Desbravando Madrid

Curiosidades e dicas sobre a cidade de Madrid

Life's Textures

Notes and tips about (my) life

By Catarina

Writing With a Global Mindset

laplandalltheway

Adventures of a Portuguese girl in Lapland

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

The Frustrated Gardener

The life and loves of a time-poor plantsman

Heidiland

Uma Portuguesa na Holanda

The Kitchen Crashers

Seda ve Hakan’ın Mutfak, Seyahat ve Fotoğraf Maceraları…

%d bloggers like this: