Comércio da Saudade: Armazém Neves

Há uns meses, afligia-me uma dúvida, que andava a minar-me a auto-estima: ‘porque raio é que desde que vim para a Holanda não consigo fazer uma gelatina de jeito?’

Fazer gelatina não é ciência de foguetões, mas por muito que medisse o mais rigorosamente possível a água a adicionar, mexesse tudo de forma homogénea e vigorosa, as várias tentativas que fiz de fazer gelatina foram desastrosas: o resultado era uma nhanha aos grumos não solidificada!

Nunca me ocorreu que o problema pudesse ser da gelatina, até porque era da mesma marca que usava em Portugal. Mas um dia, uma amiga a viver cá, lá nos disse para termos juízo, o problema não era nosso, mas sim da gelatina holandesa que é uma verdadeira bodega. Abriu a gaveta e lá estavam impecavelmente arrumadas umas caixas que constituem o seu stock de gelatinas Portuguesas, que tinha comprado no Armazém Neves perto Amsterdam!

E esta foi a primeira vez que ouvimos falar de um dos oásis de Portugalidade na Holanda: o Armazém Neves.

Ontem foi o dia que fomos ver in loco, o lugar para além do mito.

A meio caminho entre Amsterdam e Haarlem

A meio caminho entre Amsterdam e Haarlem

E o lugar em si fica bocadinho fora de mão. Entre Amsterdam e Haarlem, literalmente a meio caminho das duas cidades, em Halveweg, é preciso andar mais uns 15 minutos desde a estacão até lá chegar. A paisagem é composta por rio de um lado, armazéns, oficinas e camiões de outro. Mas não há que enganar, mesmo na esquina da moradia do número 335, está uma placa da Sagres que diz aos peregrinos da saudade que estão no caminho certo.

A placa que nos indica que estamos no sítio certo

A placa que nos indica que estamos no sítio certo

Um Português de breve visita à Holanda talvez ficasse desapontado com o que ia ver, mas para nós, é um autêntico Oásis de maravilha e esplendor! Logo à porta, pintada de um azul forte, a receber os visitantes estão pastilhas Gorila! Um bom presságio. Depois é um desenrolar de suspiros de ‘Ah, olha também têm isto’! E o isto pode ser: cerelac, farinha branca de neve, atum bom petisco, bacalhau, azeite galo, arroz cigala, chocolate culinário, batata saloinha palha palha, manteiga milhafre, sumol, compal, leite condensado, pasteis de bacalhau congelados, sabão azul e branco, soflan, lixívia, vinhos, enchidos, e claro está, gelatina! Mas não só de produtos Portugueses se faz a oferta do Neves: um canto da loja está dedicada a produtos Brasileiros.

Óasis de Portugal na Holanda

Óasis de Portugal na Holanda

Movidos pela emoção, começamos a açambarcar produtos para dentro de um cesto como se não houvesse amanhã, até que nos apercebemos que o Armazém Neves não aceita cartão como pagamento, e só tínhamos connosco em el contado, nada mais, nada menos, do que 17,20 €!!!

Com o tempo e o dinheiro contado, tivemos que escolher, e o bacalhau não podia ficar para trás. Quando voltávamos para a estação, já fazíamos planos de voltar ao comércio da saudade.

20130915-213920.jpg

Hoje o menu vai ser Bacalhau à Brás e a gelatina decente já cá canta!

Morada do Armazém Neves: Zwanenburgerdijk 335
Horário de abertura: sábados das 9h30 às 17h

Anúncios

9 comentários

  1. Mulher!!!
    Isto é que é serviço público!
    Agora tive de regressar a Portugal por uns dias (se tudo correr bem) mas já sei onde irei (quase) tão logo volte a aterrar aí!
    E se vier a dar post, dou-te os créditos naturalmente.

    1. Ahaha! Obrigada :) Sim, depois conta como foi a experiencia no blog. Para mim fica um bocado fora de mao, mas vou ter que fazer planos para la voltar :)

  2. Sim, ja la tinha ido e de facto para nos e 1 oasis… :D
    Para quem prefere ficar mais perto mas com menos variedade tem a casa Bocage perto da Centraal station ou a Margarida perto de Spui…
    Outra coisa que me intriga na holanda e nao haver chocolate em po para culinaria… Pantagruel!

  3. Encontrei o teu blog por acaso enquanto andava à deriva de link em link na net … Já li alguns posts que adorei e aprendi coisas interessantes que desconhecia. Vivi na Holanda durante 6 anos e identifico-me muito.
    Talvez entretanto já saibas o que tenho para dizer, mas na Haarlemstraat em Amsterdão também há um oasis de portugalidade (adoro essa tua expressão!) bem mais à mão. Até porque é uma óptima rua para se ir passear e fazer compras. Eles até têm pastéis de nata na montra e pode-se pedir cafés ao balcão. Chama-se casa Bocage. Bom proveito a matar saudades!

    1. Obrigada!! :) Sabes ainda não fui ao Bocage! Já me falaram mais ainda não arranjei tempo! Tenho mesmo que ir para matar saudades…:)

  4. cheguei a Amesterdão nem há um mês.. e já estou a ressacar se cerelac! tenho de encontrar este oásis, definitivamente :)

    1. Ha Cerelac no Armazém Neves! E na casa Bocage tb em Amsterdam tb! :)

  5. Bom dia,
    Poderias enviar a lista dos produtos com o preco.EU Moro Rotterdam e para ir ai gostaria de saber mais ou menos que produtos tens para venda e o preco.
    Muito ovrigado espero a tua resposta.
    PS o horario tambem

    1. Bom dia Isabel. Penso que deve haver um mal entendido. Eu nao sou responsavel pela loja, apenas a fui visitar. Tens os contactos da loja no texto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Amsterdive

Amsterdam based actress hosts you into her personal amster-dive

Anas há muitas

Mãe, mas Mulher. Aqui escrevo sobre a fantástica experiência da maternidade, os meus cozinhados, os textos da minha autoria, e a minha área de formação – saúde.

THE GIRL WITH SILVER HAIR

THE GIRL WITH SILVER HAIR

agora digo eu

Porque às vezes me apetece dizer com os dedos para que me ouçam com os olhos!

Diário de Prato

Compartilhando o que eu ando fazendo e comendo de gostoso por aqui.

A Limonada da Vida

Uma Portuguesa na Holanda

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

Marianne Beerten

Onroerend goed en Geiten in Portugal

Contador D'Estórias

Narrativas, poemas, músicas, um blog com estórias dentro.

Desbravando Madrid

Curiosidades e dicas sobre a cidade de Madrid

Life's Textures

Notes and tips about (my) life

By Catarina

Writing With a Global Mindset

laplandalltheway

Adventures of a Portuguese girl in Lapland

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

The Frustrated Gardener

The life and loves of a time-poor plantsman

Heidiland

Uma Portuguesa na Holanda

The Kitchen Crashers

Seda ve Hakan’ın Mutfak, Seyahat ve Fotoğraf Maceraları…

%d bloggers like this: