Best of Vogue Fashion Night Out Amsterdam

Setembro, desde há uns anos para cá, não é só o mês da reentré. É também o mês da Vogue e da moda. O September Issue da Vogue é lançado, as semanas da moda de New York e Milano acontecem e tenta-se chamar novamente as pessoas ao mal afamado mundo do consumismo. Mas a questão impõe-se, como atrair as pessoas novamente ao apelo e glamour da moda e do consumo, numa crise económica e financeira, que nos pede para sermos cada vez mais cautelosos e poupados? É o tipo de questão “pescadinha de rabo na boca”: por muito que se critique o consumismo, e com razão,  é ele que faz mover a economia em que vivemos. Mas perante esta crise, é inevitável assistir a mudanças substanciais na forma como consumimos moda.

Como resposta a esta questão, a icónica editora da Vogue Americana – Anna Wintour – lançou em 2009 o evento Vogue Fashion Night Out (VFNO) para voltar a centrar as atenções do público na moda e apoiar os designers e criadores, que enfrentam vendas cada vez menores. No fundo é um conceito simples: as lojas estão abertas numa noite com promoções, animação e festa.

Desde aí, o VFNO alargou-se às várias capitais do mundo, incluindo Lisboa. Este ano foi a segunda edição do evento em Amsterdam.

Vogue Fashion Night Out 2013 Amsterdam

Vogue Fashion Night Out 2013 Amsterdam

Do meu lado, devo admitir o “guilty pleasure” de gostar bastante de ir ao VFNO. Gosto de ir pela festa, pelas lojas e pelo ambiente, mas sobretudo para ver o que as marcas andam a fazer em termos de acções de marketing e promoções. Gosto também do champagne grátis, gosto sim senhor, mas o que me motiva todos os anos a enfiar-me no meio da confusão (porque as últimas edições em Lisboa têm sido muito concorridas) é ver o que cada marca preparou e quais as tendências de consumo. Este ano não vou ao de Lisboa, que vai acontecer na próxima semana, mas para cumprir a tradição, e já que estou na Holanda dei um pulo ao VFNO Amsterdam na última quinta-feira.

Autocarro Vogue com DJ

Autocarro Vogue com DJ

E quais são as principais diferenças entre o VFNO Lisboa e Amsterdam? Em Amsterdam é um evento com menos pessoas, mais pequeno, apenas 2 ruas estão abertas ao evento, e para um público mais endinheirado, uma vez que as marcas que aderem são bastante exclusivas. Por exemplo, em Lisboa a Louis Vuitton não adere ao evento, e aqui estava de portas abertas, tal como a Chanel, Jimmy Choo, Cartier, Bulgari, etc etc. A festa em Lisboa dura até mais tarde, em Amsterdam fechou às 22h em ponto. Em Amsterdam há mais contenção na festa, mas há mais fashionistas a querer chamar a atenção e posar para a foto.

Poodles e Frou-fruos em desfile

Poodles e Frou-fruos em desfile

Não só as lojas tinham coisas a acontecer. As ruas foram palco de desfiles, dj’s e animação. Mas era dentro das lojas ou nas próprias montras que a acção principal acontecia. Música, comida e bebida foram uma constante em todas as lojas que entrei. Cada marca organizou igualmente alguns momentos especiais.

Numa loja de fatos, porque não montar um serviço de barbeiro à moda antiga? Beber champagne enquanto se faz a barba não é todos os dias que acontece. É também uma forma de piscar o olho ao consumidor masculino.

Caso sério de estilo

Caso sério de estilo

Foto com uma modelo em lingerie? Porque não!?

Para mais tarde recordar

Para mais tarde recordar

Ou fazer de conta que se é modelo por um dia! Foram várias as lojas que tinham fotógrafos de serviço ou cabines fotográficas.

Pose!

Pose!

Mas a minha promoção favorita foi sem dúvida o saco de presentes, que uma das minhas marcas predilectas,  a holandesa Vanilia, ofereceu a quem fizesse mais do que 50 euros em compras. A Vanilia é uma marca abrangente (com um posicionamento entre Lanidor e a Globe) com uma excelente relação qualidade-preço: roupas modernas e femininas, com qualidade e com algumas peças bastante em conta. E foi também a primeira vez que comprei efectivamente alguma coisa num VFNO e valeu bem a pena: o saco dos presentes era maior que o saco do vestido que comprei! Um secador, vernizes, baton, rimel, creme para as mãos, produtos para o cabelo,  chocolate e mais outros mimos. Senti-me uma criança no Natal com o meu goodie bag!

Goodie Bag! O Natal veio mais cedo este ano

Goodie Bag! O Natal veio mais cedo este ano

Mas para dizer a verdade, poucas eram as marcas que ofereciam produtos ou algum tipo de merchandising. A Chanel lançou uma linha de vernizes no evento, mas não era um give-away. Algumas marcas como a Michael Kors ou a Burberry tinham sorteios a acontecer nas lojas, oferecendo 1 ou 2 produtos, mas sem ofertas ou promoções adicionais.

A conclusão mais interessante da noite foi verificar como na prática o marketing das marcas de luxo se diferencia tanto das marcas mais abrangentes. Enquanto estas procuram que estes eventos resultem nalgum tipo de conversão – mais likes nas redes sociais, adesões a um cartão de fidelização, etc – a preocupação da gestão das marcas de luxo é outra. Poucas eram as marcas que recolhiam dados pessoais ou que procuravam uma ligação com os consumidores através das redes sociais.

Se valeu a pena? Depois de ver umas 15 lojas (incluindo algumas que nunca na vida teria coragem de entrar senão fosse este evento), depois de uns 6 copos de Proseco e depois de um goodie bag enorme posso dizer à vontade “Valeu pois!”.

E para todos aqueles que ainda vão aproveitar o VFNO por esse mundo fora divirtam-se, bebam um copo por mim e depois partilhem o vosso best of!

Anúncios

4 comentários

  1. Mas que bem! E fotos do vestido?!?!?

    1. :) Envio-te depois o link da loja com o vestido! Percebeste que e a mesma que gostaste quando vieste ca? :D

  2. Aqui no Brasil acontece apenas em algumas cidades. Infelizmente, nada aqui perto de onde moro. Então, nada de proseco dessa vez.
    Dúvida: o VFNO acontece em mais alguma cidade na Holanda?

    1. Eu penso que aconteceu só em Amsterdam. Dei uma olhada rópida no site deles e parece-me que só têm Amsterdam em destaque: http://www.vogue.nl/fashions-night-out

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Amsterdive

Amsterdam based actress hosts you into her own amster-dive

Anas há muitas

Mãe, mas Mulher. Aqui escrevo sobre a fantástica experiência da maternidade, os meus cozinhados, os textos da minha autoria, e a minha área de formação – saúde.

THE GIRL WITH SILVER HAIR

THE GIRL WITH SILVER HAIR

agora digo eu

Porque às vezes me apetece dizer com os dedos para que me ouçam com os olhos!

Diário de Prato

Compartilhando o que eu ando fazendo e comendo de gostoso por aqui.

A Limonada da Vida

Uma Portuguesa na Holanda

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

Marianne Beerten

Onroerend goed en Geiten in Portugal

Contador D'Estórias

Narrativas, poemas, músicas, um blog com estórias dentro.

Desbravando Madrid

Curiosidades e dicas sobre a cidade de Madrid

Life's Textures

Notes and tips about (my) life

By Catarina

Writing With a Global Mindset

laplandalltheway

Adventures of a Portuguese girl in Lapland

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

The Frustrated Gardener

The life and loves of a time-poor plantsman

Heidiland

Uma Portuguesa na Holanda

The Kitchen Crashers

Seda ve Hakan’ın Mutfak, Seyahat ve Fotoğraf Maceraları…

%d bloggers like this: