Ubuntu em Música

One of the sayings in our country is Ubuntu – the essence of being human. Ubuntu speaks particularly about the fact that you can’t exist as a human being in isolation. It speaks about our interconnectedness. You can’t be human all by yourself, and when you have this quality – Ubuntu – you are known for your generosity. We think of ourselves far too frequently as just individuals, separated from one another, whereas you are connected and what you do affects the whole World. When you do well, it spreads out; it is for the whole of humanity.

Archbishop Desmond Tutu

Terça-feira, dei por mim a pensar se deveria ir ou não ao espectáculo que estavam a anunciar em Utrecht aquela tarde.  Era aberto à comunidade, apresentado em inglês e havia qualquer coisa no nome “Ubuntu” que mexia com a minha curiosidade. No entanto, é sempre estranho sair de casa e ir a eventos sozinha. É preciso estar num estado de espírito especial, que nos permita transformar a experiência solitária, não num episódio de solidão, mas sim num momento de abertura ao que pode acontecer. As primeiras vezes que fazemos algo sozinhos pode chegar a ser doloroso, mas com a repetição, aprende-se que pode ser um momento especial, em que se estamos em maior contacto connosco próprios.

Achei que era um bom dia para ir sozinha. Para fazer uma descoberta solitária valer a pena. Rumei ao centro da cidade.

O que fui encontrar foi um projecto musical, de nome Ubuntu, que tinha como principal objectivo aproximar gerações de músicos, e criar algo completamente novo. O grupo formou-se com um misto de alunos de música de Utrecht, professores e convidados especiais internacionais, que em 5 dias exploraram novas possibilidades musicais e criaram nova música.O resultado da sua experimentação foi o que eu fui assistir na 3.ª feira.

IMG_1131[1]

Nas próprias palavras do artista à frente do projecto, alguma música era excepcional, outra era boa e outra era trabalho em desenvolvimento. Mas para além da qualidade de alguma da música, o que mais me marcou foi o conceito Ubuntu, ali  explorado através da música. A verdade é que no momento em que estava assistir ao concerto pouco sabia o que era Ubuntu. Só depois é que explorei um pouco o que quer dizer e como estava relacionado com aquele espectáculo.

A person with Ubuntu is open and available to others, affirming of others, does not feel threatened that others are able and good, based from a proper self-assurance that comes from knowing that he or she belongs in a greater whole and is diminished when others are humiliated or diminished, when others are tortured or oppressed.

Archbishop Desmond Tutu

Foi um momento de criação musical à volta da cooperação entre artistas, do encontro e da partilha da experiência entre mais experientes e mais novos. Foi um momento de generosidade, em que músicos aclamados, vieram lado a lado com mais jovens criar algo novo. Um momento de disponibilidade e de encontro.

IMG_1130[1]

IMG_1132[1]

Estas são algumas fotografias da primeira parte do concerto. Na verdade, fiquei só até à primeira parte. Decidi voltar calmamente ainda com luz pelos canais, não por não gostar do que já tinha visto, mas porque queria desfrutar do magnífico anoitecer de Utrecht.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Amsterdive

Amsterdam based actress hosts you into her own amster-dive

Anas há muitas

Mãe, mas Mulher. Aqui escrevo sobre a fantástica experiência da maternidade, os meus cozinhados, os textos da minha autoria, e a minha área de formação – saúde.

THE GIRL WITH SILVER HAIR

THE GIRL WITH SILVER HAIR

agora digo eu

Porque às vezes me apetece dizer com os dedos para que me ouçam com os olhos!

Diário de Prato

Compartilhando o que eu ando fazendo e comendo de gostoso por aqui.

A Limonada da Vida

Uma Portuguesa na Holanda

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

Marianne Beerten

Onroerend goed en Geiten in Portugal

Contador D'Estórias

Narrativas, poemas, músicas, um blog com estórias dentro.

Desbravando Madrid

Curiosidades e dicas sobre a cidade de Madrid

Life's Textures

Notes and tips about (my) life

By Catarina

Writing With a Global Mindset

laplandalltheway

Adventures of a Portuguese girl in Lapland

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

The Frustrated Gardener

The life and loves of a time-poor plantsman

Heidiland

Uma Portuguesa na Holanda

The Kitchen Crashers

Seda ve Hakan’ın Mutfak, Seyahat ve Fotoğraf Maceraları…

%d bloggers like this: