Dois dos desportos das raparigas fixes

Aqui na Holanda há uma cultura desportiva bastante variada. Apesar do futebol ser o desporto rei, e atrair as maiores multidões e os maiores milhões, existem outros desportos que se vão afirmando em ligas profissionais. E as raparigas não ficam fora de campo, a nível de desporto profissional.

Um dos desportos é o hóquei feminino. As mesmas regras do futebol, uma “bola” pequenina e um stick. Apesar de ser muito exigente e violento, até diria mais que o futebol, não afasta as raparigas do campo. Com um campeonato muito competitivo, as jogadoras holandesas de hóquei são campeãs mundiais deste desporto e já arrecadaram várias medalhas nos Jogos Olímpicos. Com grandes exemplos de campeãs, incluindo a luso descendente Fátima Moreira de Melo, o hóquei é um desporto sem dúvida de raparigas fixes e aguerridas.

IMG_0965[1]

A semana passada fomos ver um jogo da equipa feminina de hóquei aqui de Utrecht, a equipa Kampong, que está em 5.º lugar no campeonato. Apesar de terem levado uma cabazada em casa foi um jogo bastante bom, que deu para perceber que é uma modalidade que partilha muito das técnicas de jogo do futebol (digo isto apesar de eu não perceber assim muito do assunto!). Cada parte tem 45 minutos e as raparigas correm a valer. Levar com uma bola daquelas não deve ser brincadeira, e as guarda-redes estão equipadas como se fossem treinar cães polícia para atacar ou como se fossem enfrentar manifestações agressivas.

Enquanto íamos para o jogo de bicicleta passaram por nós, também de bicicleta, e em grande velocidade como se tivessem muito muito atrasadas, várias atletas que iam jogar nesta partida. Deu para confirmar uma suspeita que já tínhamos, apesar de ser uma liga profissional, está longe de permitir o mesmo estilo de vida do futebol. Quase todas as jogadoras mantém os seus trabalhos de dia-a-dia, e fazem a sua vida com uma grande normalidade holandesa. Não deixa de ser super cool!

IMG_0995[1]

Por coincidência hoje vimos também, outra modalidade desportiva praticada no feminino. Remo nos canais de Utrecht. É preciso cabedal, força de braços e uma sincronização dos diabos, para levar o barco em diante e para não ir contra as pontes. Talvez fosse um desporto mais do meu agrado que hóquei, mas mesmo assim, e apesar de serem duas modalidades super interessantes, acho que nenhuma delas é para mim. Ou talvez seja uma questão de experimentar.

Anúncios

3 comentários

  1. Pedro Vilarins · · Responder

    Boa tarde. Parabéns pelo blog, ele é muito interessante e ajuda muito com as informações.
    O meu nome é Pedro Vilarins, eu sou brasileiro e estarei indo morar com a minha família na cidade de Leiden na Holanda em Agosto 2014 e ficarei por lá 6 meses.
    O meu esporte preferido é o futebol e eu ouço muito as pessoas dizerem que os Holandeses adoram futebol, mas não consigo encontrar e nem saber se eles praticam o futebol na rua. Estou preocupado se terei que ficar sem jogar futebol por seis meses (risos). O que quero saber é se os holandeses jogam futebol nos locais públicos. Tem jogos de futebol que pessoas como eu possam participar?

    Um abraço.

    1. Oi Pedro! Leiden e uma cidade linda, linda, linda! Acho que vais adorar! Em locais públicos, nos parques principalmente, joga-se futebol. Os Holandeses são loucos por futebol também, e se organizam em grupos de amigos para jogar. Com mau tempo fica difícil jogar na rua, e e preciso alugar um campo. vai ser fácil conhecer pessoas que queiram jogar com você: por exemplo e normal estudantes ou colegas de trabalho se juntarem, ou haverem associações de emigrantes que organizam uma pelada (como se diz no Brasil, não e?) :)
      Boa sorte com a viagem!

      1. Pedro Vilarins · ·

        Muito obrigado pela resposta rápida e atenciosa.
        Ufa!!! Agora estou mais tranquilo porque terei como jogar as minhas peladas(risos).
        A minha esposa descobriu o seu blog hoje e me repassou. Estou praticamente o dia todo lendo os seus posts para aprender mais sobre a Holanda.
        Obrigado e parabéns novamente. Qualquer hora te faço novas perguntas.
        Um abraço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Amsterdive

Amsterdam based actress hosts you into her own amster-dive

Anas há muitas

Mãe, mas Mulher. Aqui escrevo sobre a fantástica experiência da maternidade, os meus cozinhados, os textos da minha autoria, e a minha área de formação – saúde.

THE GIRL WITH SILVER HAIR

THE GIRL WITH SILVER HAIR

agora digo eu

Porque às vezes me apetece dizer com os dedos para que me ouçam com os olhos!

Diário de Prato

Compartilhando o que eu ando fazendo e comendo de gostoso por aqui.

A Limonada da Vida

Uma Portuguesa na Holanda

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

Marianne Beerten

Onroerend goed en Geiten in Portugal

Contador D'Estórias

Narrativas, poemas, músicas, um blog com estórias dentro.

Desbravando Madrid

Curiosidades e dicas sobre a cidade de Madrid

Life's Textures

Notes and tips about (my) life

By Catarina

Writing With a Global Mindset

laplandalltheway

Adventures of a Portuguese girl in Lapland

o meu sofá cinzento

espaço reservado a desabafos tipo assim um bocadinho "crazy" "or not"

The Frustrated Gardener

The life and loves of a time-poor plantsman

Heidiland

Uma Portuguesa na Holanda

The Kitchen Crashers

Seda ve Hakan’ın Mutfak, Seyahat ve Fotoğraf Maceraları…

%d bloggers like this: